Linx Commerce Linx Commerce

Trabalhar com uma loja virtual pode trazer muitos benefícios, mas também é preciso saber lidar com as dificuldades deste tipo de negócio

Manter-se atualizado sobre as tecnologias que podem contribuir para o sucesso do seu e-commerce não é uma tarefa fácil. Com a rápida evolução e popularização do meio online, nem sempre é possível identificar em quais soluções vale mesmo a pena investir.

Leia também:

> Como o funil de vendas do Facebook pode alavancar os resultados do seu e-commerce?

> Inbound Marketing para e-commerce: como usar na loja virtual?

Mas lembre-se: o mercado de e-commerce não para de crescer, e para manter-se competitivo, é indispensável investir em ferramentas e técnicas capazes de colocar a sua marca mais próxima das necessidades dos usuários, otimizando a sua presença digital. Pensando nisso, listamos algumas tecnologias que irão ajudá-lo a gerir a sua loja virtual, alavancando o seu poder de vendas online. Confira:

Chatbot no Messenger

Não há dúvidas sobre a importância das mídias sociais no processo de tomada de decisão de uma compra. Uma pesquisa do Gartner mostra que as marcas podem perder até 15% dos seus clientes quando não prestam um bom atendimento por meio desses canais.
Outro estudo realizado pela Bain & Company mostrou que, ao esclarecer dúvidas e solucionar problemas via mídias sociais, uma marca pode ter um aumento na receita por cliente entre 20% e 40%. Considerando esse cenário e a alta popularidade do Facebook, o chatbot no Messenger tem se mostrado um recurso interessante para construir relacionamento entre uma empresa e o seu público.
Isso porque os chatbots permitem uma interação ágil e eficiente com os clientes. Essa solução pode atender vários consumidores ao mesmo tempo, fornecendo respostas para as mais variadas perguntas e ainda guardando o histórico desse atendimento para facilitar futuros contatos. Ao estimular e simplificar a conversação, o chatbot não só aumenta a satisfação, como também reduz significativamente o tempo gasto e os custos operacionais da equipe de atendimento.

Mobile commerce

Os consumidores estão cada vez mais avessos a sites que não são amigáveis às plataformas móveis. Com o surgimento das redes 3G e 4G, smartphones e outros dispositivos portáteis, é cada vez mais fácil comprar em qualquer lugar que você se encontre. Assim, entra em cena o mobile commerce (m-commerce).
Com ele, além do aumento exponencial de “pontos de venda”, o varejo convive também com o crescimento da interatividade com as mídias sociais, nas quais é possível compartilhar uma experiência de compra virtual rapidamente. E, se ela for positiva, é bem possível que você colha frutos a partir da influência desse usuário, aumentando as suas chances de fechar novas vendas.
Mas para ter sucesso com essa solução, é importante que você pense em um layout responsivo para a versão móvel do site, com botões maiores, menos texto e navegação fácil e rápida. Junto a isso, você pode criar um aplicativo e disponibilizá-lo para os sistemas operacionais (Android, iOS e Windows Phone).

Big Data

O termo Big Data representa a grande quantidade de dados disponíveis na web. E muitos desses dados são gerados a partir das milhares de informações deixadas pelos usuários quando navegam pela internet. Ao analisar corretamente essas informações, você pode realizar ações mais precisas no seu e-commerce, aumentando as taxas de conversão.
A personalização de ofertas é um exemplo de como o uso correto do Big Data é um diferencial para a sua marca. Essa estratégia faz com que as ações de marketing sejam mais direcionadas e eficazes, uma vez que você pode enviar promoções que vão ao encontro dos desejos e necessidades dos clientes.
A análise dos dados permite conhecer o perfil do seu consumidor. Assim, para o consumidor que se interessa por novidades, você pode enviar um alerta sobre novos produtos. Já aqueles que são mais preocupados com preço devem receber ofertas de descontos e/ou frete grátis, por exemplo.

Google Analytics e AdWords

O Google Analytics recolhe e organiza uma infinidade de dados brutos a partir da interação do público com o seu site. E o casamento dessa ferramenta com o Google AdWords pode ser de grande contribuição para o sucesso do seu e-commerce.
Afinal, o segredo para melhorar os resultados ao anunciar no Google AdWords é a capacidade de analisar os dados que chegam até você e interpretá-los da forma correta. Mas não estamos falando somente dos dados positivos. É fundamental obter informações sobre os números negativos também para que, a partir daí, você transforme essas estatísticas em estratégia, mantendo o que está dando certo e melhorando os pontos fracos para, assim, lucrar ainda mais.
Combinando os relatórios do Google Analytics e AdWords, dificilmente alguma informação importante escapará. Desta forma, é possível identificar aspectos como: quais produtos o cliente visualizou e quando ele abandonou o carrinho (se enquanto buscava outros produtos ou se já no processo de conclusão da compra, por exemplo).
Se você se interessa por tecnologia e quer aplicá-las no seu e-commerce, entre em contato com a DCG e conheça todas as soluções tecnológicas e inovadoras em e-commerce que podemos oferecer para ajudar no sucesso do seu negócio.

Atualizado há 29 dias