Linx Commerce Linx Commerce

Colocar uma loja no ar é muito mais complexo do que apenas lançar o site e esperar que as vendas aconteçam. Pensando nisso, reunimos as principais dúvidas dos lojistas no momento de ativar a loja.
Afinal, este é um momento chave para todas as operações da empresa, até mesmo para a integração com um marketplace, por exemplo. Confira, a seguir, quais são essas questões, as suas respectivas respostas e entenda a importância de realizar um processo de ativação cuidadoso.

Qual a importância do cadastro de produtos no e-commerce?

Um dos principais gargalos no momento da ativação é o cadastro de produtos. Agora, você deve estar se perguntando: “mas essa não é uma tarefa simples, somente cadastrar aquelas mercadorias que você pretende vender e pronto?”. E a nossa resposta é não, essa não é uma tarefa tão simples assim. É preciso envolvimento por parte do lojista, que deve conhecer muito bem os produtos que deseja cadastrar.

O primeiro passo é verificar a quantidade de produtos para começar uma loja. A nossa dica é que você tenha, pelo menos, 50 itens a serem vendidos para poder construir uma área de catálogo interessantes, que chame a atenção do consumidor. Depois, é preciso analisar muito bem as descrições dos produtos.

Se a razão principal pela qual uma pessoa visita um site está no conteúdo, então ofereça informação relevante para que ela permaneça ali. Por isso, é preciso criar conteúdos de qualidade, originais e relevantes. Procure fornecer as informações dos produtos que os seus clientes estejam buscando de forma simplificada e clara. Além disso, não copie e cole dados de outros sites, muito menos compre descrições de sites que vendem textos prontos, os buscadores tendem a ignorar conteúdos que existem em massa na internet.
Para ajudar você, separamos algumas dicas sobre como preencher as lacunas do cadastro de produtos no momento da ativação:Outro ponto importante é lembrar que a integração com o ERP facilita todo esse processo. É preciso realizar apenas uma vez o cadastro dos produtos de forma correta para que as suas mercadorias sejam sempre relevantes para o consumidor.
Da mesma forma é preciso pensar que no momento de integrar com um marketplace é necessário estar de acordo com as suas exigências e particularidades de cadastro. Por isso, a nossa dica é: faça o registro dos produtos de forma bastante completa, com todas as descrições e dados importantes, até mesmo aquelas especificações para a definição do frete, como peso e prazo de entrega.
Agora, se você quer ter o seu e-commerce integrado a vários marketplaces, mas acredita que dá muito trabalho administrar esses cadastros, saiba que as soluções do Grupo DCG permitem:
 

  • Poupar tempo de cadastro

 
Você pode criar anúncios uma única vez, e a plataforma publica em todos os marketplaces automaticamente.
 

  • Manter o estoque atualizado

 
Com as nossas soluções, você integra e atualiza todo o seu estoque automaticamente com os marketplaces, ERP e sua plataforma de e-commerce.
 

  • Gerenciar de forma única

 
Você pode gerenciar preços, nota fiscal, código de rastreio, status e muito mais em um único sistema.

A própria plataforma realiza o atendimento ao cliente?

É preciso entender que a sua loja não vai funcionar sozinha. O que queremos dizer com isso? Que todo o cuidado no momento da ativação é pouco, até mesmo quando se trata da definição das principais estratégias de anúncio do seu e-commerce.

O marketing da sua loja quem faz é você e a EZ Commerce entra na vida do lojista para ajudá-lo com recursos e ferramentas diferenciadas, que permitem melhorar a performance da loja implantada. Por isso, reforçamos aqui que ainda no momento da ativação é importante conhecer as possibilidades que o seu e-commerce tem para atrair mais clientes e, consequentemente, vender mais.

Confira, a seguir, alguns dos recursos que as ferramentas DCG oferecem para auxiliar na gestão do marketing da sua empresa:

  • Cupom de desconto: por meio de um código promocional, você oferece aos clientes diferenciais instantâneos na compra de produtos. Eles são usados para divulgar uma mercadoria ou alavancar uma campanha e podem dar desconto no pedido ou permitir a oferta de frete grátis, por exemplo. Essa é uma ótima oportunidade para conquistar e fidelizar clientes e, consequentemente, aumentar as vendas da loja.
  • Programa de pontos: você pode fidelizar os clientes usando a nossa estratégia do programa de pontos. Ela permite que, a cada compra, o cliente acumule pontos para descontos em aquisições futuras. O lojista precisa definir quantos pontos os produtos participantes da campanha valerão e, no próprio e-commerce, na área do cliente, ele pode resgatar os pontos, gerando automaticamente o cupom de desconto a ser usado na próxima compra.
  • Descontos progressivos: essa é uma ótima maneira de incentivar os clientes a comprarem além do que haviam previsto inicialmente. Como funciona? O lojista organiza uma campanha totalmente direcionada para aumentar o volume de compras. A intenção é que o consumidor, que pretendia comprar apenas um produto, ao visualizar que o e-commerce está em oferta e pode levar até 3 produtos com 5% de desconto, por exemplo, procure outros itens para colocar no carrinho e fechar uma compra maior, gerando melhores resultados.

É possível manter meu posicionamento orgânico?

Quando se tem um e-commerce ativo no mercado e se pretende migrar de plataforma é preciso ter alguns cuidados. O principal deles é não perder o seu posicionamento orgânico, ou seja, o espaço que você conquistou nos buscadores. Como fazer isso? Por meio de recursos específicos de SEO é possível fazer com que o seu site continue bem indexado e posicionado após a migração, afinal, boa parte do tráfego de uma loja virtual nasce das buscas orgânicas.Para isso, a ferramenta usa diversos recursos. Confira, a seguir, alguns deles:
Com as plataformas DCG, o lojista consegue manter o posicionamento orgânico já conquistado e não comprometer todo o esforço realizado na plataforma anterior. Isso porque a plataforma faz o redirecionamento das URLs das páginas da antiga base para a nova sem perder relevância da loja no Google, por exemplo. Para isso, a ferramenta usa diversos recursos. Confira, a seguir, alguns deles:

  • URLs amigáveis: uma das exigências é URLs amigáveis, ou seja, o usuário deve identificar o conteúdo que vai encontrar depois de clicar no link de forma fácil, antes mesmo de acessar a página. Para isso, a URL precisa ter as principais palavras-chave do conteúdo, a página de um produto deve ter o nome do produto e informações, como a marca.

 

  • Redirect 301: o sistema da plataforma permite o cadastro de todas as URLs e informa aos buscadores que as mesmas foram movidas permanentemente para uma nova URL. Dessa forma, o lojista não sofre a perda das interações e muito menos com quedas nas vendas.
  • Meta title e meta description: outro cuidado que a plataforma tem é com a otimização do título e da descrição. É a partir dessas duas informações que os buscadores sabem o assunto da página e conseguem ranqueá-la. A alta relevância no posicionamento da páginas só aparece quando você tem títulos completos e descrições do produto originais, com call to actions atraindo o consumidor para entrar na página.

 

  • SEO para imagens: as imagens são importantes para o tráfego de uma loja virtual. Por isso, a plataforma permite que as imagens dos produtos também sejam otimizadas para SEO, exigindo que o nome do arquivo contenha o assunto da imagem, por exemplo.

A própria plataforma realiza o atendimento ao cliente?

Ao abrir uma loja é preciso ter em mente que a plataforma de e-commerce não opera sozinha. Mesmo que muitas funções sejam realizadas de forma automática, como a possibilidade de o consumidor acompanhar o pedido por meio da ferramenta de tracking da plataforma, existem algumas atividades que precisam ser conduzidas pelo próprio lojista ou suas equipes, e o atendimento ao cliente é uma delas.
Um dos pontos mais importantes na prática de um e-commerce é resolver as dúvidas dos consumidores. E para fazer isso de maneira eficiente é preciso estar ativo na plataforma, controlando as interações e solicitações, ou seja, gerenciando o serviço de atendimento.
Com um time voltado para atender aos chamados dos clientes é possível ser muito mais eficiente na operação da loja como um todo, afinal, a dúvida de uma pessoa pode ser a de diversos consumidores. Portanto, ao manter-se conectado com o seu público por meio de diferentes canais de atendimento, como o chat, redes sociais, e-mail, entre outros, você pode, além de responder e conquistar ainda mais aquele cliente, melhorar a reputação da loja e agregar eficiência a sua operação.
A nossa dica, neste caso, é integrar a sua plataforma de e-commerce a um CRM, assim você tem todas as informações do cliente reunidas e todo o histórico de relacionamento com a empresa.
E aí, gostou? Essas são apenas algumas das dúvidas dos lojistas, surgidas antes mesmo de colocar a loja no ar. Existem muitas outras e, pensando nisso, a Linx oferece um suporte diário para que o dono do e-commerce resolva suas dúvidas e questões por diversos canais, como: telefone, HelpDesk, e-mail, entre outros canais. Deseja saber mais sobre a Linx? Acesse o site www.linx.com.br ou entre em contato. Continue lendo o blog!

Atualizado Hoje